Grupo produtivo de Telhas recebe curso de panificação

Grupo produtivo de Telhas recebe curso de panificação

Como um desdobramento das ações do projeto Caju e Cultura Tremembé (PPP-ECOS), foi realizado entre os dias 28 de junho e 1º de julho, o curso de panificação para o grupo produtivo da comunidade Tremembé de Telhas, terra indígena Córrego João Pereira.

O curso de panificação foi realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR, com carga horária de 32h. A realização desta atividade formativa é fruto de uma relação de parceria estabelecida entre o CITCT, a Ethnos Socioambiental e o SENAR. Essa parceria já rendeu um curso de processamento artesanal de frutas para este mesmo grupo (veja aqui) e  um curso de Operação de Motossera para homens das comunidades de Telhas e São José (veja aqui).

No primeiro dia, antes de iniciar o conteúdo prático relacionado à produção dos alimentos, a instrutora Isabel abordou os procedimentos e boas práticas relacionadas à higiene dos trabalhadores e do ambiente de trabalho. Assim, foi abordado os cuidados com a limpeza do espaço, dos equipamentos e das pessoas que estão trabalhando na manipulação dos alimentos, de modo a evitar a contaminação.

No segundo dia, os participantes receberam instrução para a fabricação de pães e bolos diversos. No caso da fabricação de pães, a proposta é diversificar os produtos e ampliar as possibilidades de explorar uma fatia do mercado local. Já no que se refere aos bolos, a ideia é aperfeiçoar uma atividade que o grupo já desenvolve há pelo menos cinco anos.

Já no terceiro dia, os participantes aprenderam a fazer tortas, salgados diversos, pizzas e sequilhos. Com a incorporação desses novos produtos assimilados durante o curso, ampliam-se as possibilidades de inclusão produtiva do grupo, que deixou de ser exclusivamente feminino e agora conta com homens trabalhando no local.

No último dia, houve a exposição dos diversos tipos de alimentos produzidos durante o curso e em seguida cada participante fez sua avaliação do processo de formação. Segundo os alunos, a avaliação do curso foi bastante positiva e o resultado correspondeu às expectativas. Por fim, foi realizada a distribuição dos produtos entre os participantes.

O curso de panificação foi mais um passo que as mulheres e homens de Telhas deram rumo à qualificação profissional e à inclusão produtiva da comunidade indígena local.

Nossos agradecimentos a equipe do SENAR.

 

Texto: Ronaldo Santiago

Fotos: Fabinho (Telhas)

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

402